De acordo com dados do IPTL (Índice de preços Ticket Log) o cenário da primeira quinzena de maio foi de baixa para o preço do diesel.

De acordo com a assessoria de imprensa da Petrobrás, os preços de diesel e gasolina terão alta nesta quinta (19). O diesel terá um reajuste de 4,2%, e o da gasolina em 3,5% nas refinarias. Dessa forma, o repasse ou não do aumento para os consumidores finais fica a critério das distribuidoras e postos.

O reajuste vem após a disparada nos preços do barril do petróleo no mercado internacional na segunda-feira (16). O aumento aconteceu em consequência aos ataques a instalações petroleiras na Arábia Saudita no fim de semana. O incidente baixou pela metade a produção do maior exportador do petróleo do mundo.

Na segunda-feira, a estatal afirmou que manteria o preço dos combustíveis até que os valores do petróleo se acomodassem.

Após a disparada, os preços da commodity vêm caindo desde terça-feira, compensando parte do aumento, em razão do anuncio por parte da Arábia Saudita que havia restabelecido parcialmente sua produção. Além disso, a previsão é de que a retomada por completo será rápida. De sexta-feira até agora, o barril do Brent -referência internacional– acumulou alta de 5,6%, fechando nesta quarta-feira a US$ 63,60 por barril.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here