A Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos (ANFIR) precisará de aproximadamente 400 mil pneus ainda este ano e 800 mil em 2022.

O volume de implementos rodoviários emplacados no primeiro semestre de 2020 apresentou recuo de 13%. De janeiro a junho as vendas foram de 49 mil unidades ante 56 mil produtos em igual período de 2019.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com análise da ANFIR-Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários o desempenho este ano poderá sofrer menos perdas graças ao mercado de agronegócio. “O setor representa mais de 40% de nosso faturamento e tem dado mostras de seguir aquecido graças à demanda por transporte da safra“, explica Norberto Fabris, presidente da entidade.

Dessa forma, a ANFIR estima que a perda geral da indústria de implementos rodoviários em 2020 deverá ser de aproximadamente 10%. Assim, totalizando cerca de 108 mil produtos emplacados.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

O setor de Reboques e Semirreboques apresentou recuo de 13% de janeiro a junho de 2020 com relação ao mesmo período do ano passado. No semestre a indústria distribuiu ao mercado perto de 27 mil unidades 31 mil em 2019.

No mercado de Carroceria sobre chassis a retração chegou a 12%. De janeiro a junho deste ano foram vendidos 22 mil produtos contra 25 mil unidades no mesmo período de 2019.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here