O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirma que os investimentos privados em ferrovias podem chegar a R$ 150 bi.

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, comentou nesta terça (27), que o novo marco legal das ferrovias pode destravar investimentos bilionários. A medida está em votação pelo Congresso Nacional e, se aprovada, tem potencial para deslanchar quatro novos traçados e R$ 25 bilhões em investimentos.

Segundo o ministro, a tramitação do texto do novo marco legal das ferrovias está em fase final no Senado e deve ser votado rapidamente na Câmara dos Deputados, após aprovação dos senadores.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Entre os projetos de novas ferrovias já avançados e que aguardam aval do Congresso, está o traçado que pretende ligar Sete Lagoas (MG) ao litoral do Espírito Santo, em São Mateus. E, no Nordeste, a Grão Pará Multimodal pretende construir a Estrada de Ferro do Maranhão. Somente esses dois projetos somam R$ 12,7 bilhões em investimentos.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Além disso, o leilão da Ferrogrão deve acontecer no segundo semestre de 2021. O próprio ministro divulgou a informação e afirmou que os entraves legais que impedem o andamento do projeto serão superados.

A Ferrogrão, que liga Mato Grosso e Pará, teve projeto enviado ao Tribunal de Contas da União no ano passado. De acordo com Freitas, o empreendimento está em fase de certificação de critérios ambientais por uma consultoria internacional.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here