Marco legal das ferrovias pode destravar investimentos bilionários

A medida, ainda em votação pelo Congresso Nacional, promete alavancar R$ 25 bilhões em investimentos

Ministério da Infraestrutura (MInfra) define mais cinco projetos para receberem incentivos fiscais. No mês de janeiro, o MInfra, por meio

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, comentou nesta terça (27), que o novo marco legal das ferrovias pode destravar investimentos bilionários. A medida está em votação pelo Congresso Nacional e, se aprovada, tem potencial para deslanchar quatro novos traçados e R$ 25 bilhões em investimentos.

Segundo o ministro, a tramitação do texto do novo marco legal das ferrovias está em fase final no Senado e deve ser votado rapidamente na Câmara dos Deputados, após aprovação dos senadores.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Entre os projetos de novas ferrovias já avançados e que aguardam aval do Congresso, está o traçado que pretende ligar Sete Lagoas (MG) ao litoral do Espírito Santo, em São Mateus. E, no Nordeste, a Grão Pará Multimodal pretende construir a Estrada de Ferro do Maranhão. Somente esses dois projetos somam R$ 12,7 bilhões em investimentos.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Além disso, o leilão da Ferrogrão deve acontecer no segundo semestre de 2021. O próprio ministro divulgou a informação e afirmou que os entraves legais que impedem o andamento do projeto serão superados.

A Ferrogrão, que liga Mato Grosso e Pará, teve projeto enviado ao Tribunal de Contas da União no ano passado. De acordo com Freitas, o empreendimento está em fase de certificação de critérios ambientais por uma consultoria internacional.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!