Volkswagen confirma paralisação nas linhas de produção das fábricas de São Bernardo do Campo (SP) e de São Carlos (SP) por falta de semicondutores.

Volkswagen confirma paralisação nas linhas de produção das fábricas de São Bernardo do Campo (SP) e de São Carlos (SP) por falta de semicondutores. A empresa informou, na última sexta (11), que a paralisação será de 10 dias e começará no dia 21.

As unidades de Taubaté (SP) e São José dos Pinhais (PR) estão paradas desde segunda (7) e o retorno estava previsto para o dia 21. Porém, no caso da planta paranaense, a parada será estendida até 1 de julho.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Além disso, empresa alega que a falta se semicondutores está levando a vários gargalhos de fornecimento e afetando muitas indústrias globalmente. Eles afirmam também, que o Grupo Volkswagen está sendo afetado em vários países.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Desse modo, o grupo também informou que “novas paralisações não estão descartadas futuramente caso o cenário global de fornecimento de semicondutores permaneça crítico, impactando diretamente as atividades de produção da empresa no Brasil”.

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes, afirmou que as previsões de especialistas e fornecedores apontam para uma normalização no fornecimento do insumo somente em 2022. Segundo ele, novas interrupções limitarão a produção de montadoras no segundo semestre deste ano.

Fonte: Estadão

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here