A VW Caminhões e Ônibus decidiu flexibilizar os prazos para revisões de caminhões e ônibus em 30 países. Dessa forma, a montadora tem com

A VW Caminhões e Ônibus decidiu flexibilizar os prazos para revisões de caminhões e ônibus em 30 países. Dessa forma, a montadora tem como objetivo de atender aos seus clientes em todo o mundo com extensão de prazos para serviços gratuitos, previstos em contratos de manutenção ou custeados pelos proprietários para esse período de quarentena.

De acordo com Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus, a participação da rede de concessionárias é fundamental na ação. “Nesse momento mundialmente desafiador, nosso foco é prestar o melhor atendimento. E assim, contribuir com os nossos clientes que estão na linha de frente. Isso só é possível graças à união de forças da VW Caminhões e Ônibus e sua rede, com mais de 347 concessionários e pontos de serviços e assistência técnica no Brasil, América Latina e África”.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A medida visa a auxiliar no transporte de mercadorias, passageiros e prestação de serviços, num momento em que, mais do que nunca, eles são essenciais no combate à pandemia da Covid-19. Frotas ligadas à distribuição de alimentos, equipamentos hospitalares, medicamentos, materiais de higiene, entre outros, operam com todos os veículos para atender à maior demanda e não podem parar.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Caso o cliente fique impossibilitado de levar seu veículo ao concessionário durante o período da pandemia, ele poderá realizar a manutenção em até trinta dias após a regularização do cenário. Portanto, sem qualquer prejuízo das garantias envolvidas. Dessa forma, os clientes que vinham com a manutenção de seu veículo em dia até a divulgação desta medidas continuarão com seus direitos assegurados pela montadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here