A VWCO (Volkswagen Caminhões e Ônibus) fechou parcerias com seis empresas para criação de um consórcio modular para a produção de veículos elétricos. Dessa forma, a montadora prevê para o fim de 2020 iniciar a produção de caminhões elétricos, os e-Delivery. Em seguida, a fabricante alemã pretende iniciar a fabricação de ônibus elétricos.

Para isso, a VWCO replicará em Resende (RJ) um sistema similar ao que acontece hoje com veículos a diesel. Concentrando em uma unidade montadora e principais fornecedores de peças através de um e-Consórcio, como foi chamado.

E-Delivery da Volkswagen. Foto: Divulgação

Farão parte desse conjunto as empresas Weg (motores elétricos), Moura (que juntamente com a CATL fará adaptações em baterias), e a Bosch (fornecedora de componentes que já atua no complexo carioca da companhia). Além disso, a Siemens será outra parceira da VWCO. A empresa compatriota da Volks será responsável pelo fornecimento de carregadores e energia.

Concentrar todas as etapas e primeiras encomendas

De acordo com o presidente da VWCO, ao realizar o anuncio do projeto em evento realizado pelo grupo Traton na Suécia, a ideia é concentrar todos os processos. “O objetivo é criar um ecossistema para desenvolver localmente tecnologias para produção, venda e infraestrutura para veículos elétricos”. Juntamente com a Volkswagen, o grupo Traton reúne as empresas MAN e Scania.

A VWCO já tem 1,6 mil caminhões elétricos encomendados para os próximos quatro anos. Todas as unidades para prestadores de serviço da Ambev, forte parceira do grupo. Além disso, dois modelos já estão sendo testados pela cervejeira. A intenção da companhia é ter 30% da frota eletrificada em 2023.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here