Em meio ao abrandamento das medidas de isolamento e a alta dos preços, as vendas reais do varejo, quando descontada a inflação, avançaram 1,9%

Em meio ao abrandamento das medidas de isolamento e a alta dos preços, as vendas reais do varejo, quando descontada a inflação, avançaram 1,9% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

O resultado foi registrado de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), em termos nominais, as vendas atingiram um avanço de 16%. Além disso, confirmam o avanço das vendas presenciais, enquanto o comércio eletrônico parece ter diminuído seu crescimento após a pandemia.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O levantamento aponta ainda que, descontando o fato de agosto deste ano ter tido um sábado a menos e uma terça-feira a mais, ante o mesmo mês de 2020, as vendas reais teriam avançado 2,4% e as nominais 16,6%.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here