O caminhão Delivery Express, ou DLX, terminou 2019 com grande volume de vendas. O modelo apresentado na Fenatran 2017, alcançou um crescimento de 167%

O caminhão Delivery Express, ou DLX, terminou 2019 com grande volume de vendas. O modelo apresentado na Fenatran 2017, alcançou um crescimento de 167% em relação as unidades vendidas em 2018. O DLX integra o segmento dos comerciais leves com 3 a 3,5 toneladas de Peso Bruto Total, que teve incremento de 22% no mesmo período.

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

O Delivery Express foi oficialmente colocado à venda em maio de 2018. Naquele ano, o comercial leve registrou 1.300 emplacamentos. Já em 2019, de acordo com os dados da Fenabrave, o número saltou para 3.497 unidades. 

Com o resultado, a participação de mercado do caminhão que todos podem dirigir – já que a condução do DLX exige apenas a carteira B – passou de 11% para 24.4%.

“Em seu primeiro ‘ano cheio’ no mercado, o DLX demonstrou que veio para conquistar a liderança, com aceitação imediata dos nossos clientes. Estamos orgulhosos dos resultados de 2019 e sabemos que podemos ir ainda além, uma vez que nosso produto possui atributos que o tornam a melhor opção para os mais diversos tipos de negócio”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here