As vendas do comércio varejista caíram 0,2% em janeiro na comparação com dezembro. No último mês de 2020, a queda havia sido de 6,2%,

As vendas do comércio varejista caíram 0,2% em janeiro na comparação com dezembro. No último mês de 2020, a queda havia sido de 6,2%, ou seja, o maior tombo para um mês de dezembro de toda a série histórica, iniciada em 2000.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em relação a janeiro do ano passado, o varejo registrou queda de 0,3%. Dessa forma, essa é a primeira taxa negativa após sete meses consecutivos de taxas positivas. O indicador acumulado nos últimos 12 meses ficou em 1%, próximo ao de dezembro (1,2%).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Em janeiro, na comparação com dezembro, cinco das oito atividades pesquisadas tiveram taxas negativas: Livros, jornais, revistas e papelaria (-26,5%), Tecidos, vestuário e calçados (-8,2%), Móveis e eletrodomésticos (-5,9%), Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-1,6%) e Combustíveis e lubrificantes (-0,1%).

Por outro lado, houve altas nos setores de Outros artigos de uso pessoal e doméstico (8,3%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (2,6%) e Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2,2%).

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here