Desde setembro de 2015, após denuncia sobre o nível de poluentes, montadoras de todo o mundo buscam implementar medidas mais sustentáveis na produção

Desde setembro de 2015, após denuncia sobre o nível de poluentes, montadoras de todo o mundo buscam implementar medidas mais sustentáveis na produção de veículos. Dessa forma, a produção e venda de modelos a diesel vem caindo consideravelmente. Além disso, a atuação de autoridades na fiscalização dos níveis de emissão e a procura maior de consumidores por alternativas ecológicas também contribuem no cenário.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com os números revelados esta sexta-feira (23) pela Associação Europeia de Construtores Automóveis (ACEA), no primeiro trimestre de 2021 foram vendidos 593,5 mil veículos de passageiros com mecânica diesel em toda a União Europeia (EU). Portanto, os dados mostram uma desaceleração de 20,1%, comparativamente a igual período no ano passado.

Em seus melhores anos, veículos com motorização diesel chegaram a representar 65% das vendas. No entanto, atualmente, segundo contas feitas pela ACEA, o diesel tem agora uma fatia de mercado de 23,2%, contra 29,9% no primeiro trimestre de 2020. A associação dos construtores ainda destaca as quebras mais violentas nalguns dos mercados principais, casos de Alemanha (queda de 29,4%) e Espanha (-28,3%).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Em sentido contrário na UE, os híbridos continuam a ganhar expressão e representam atualmente 18.4% do total de veículos de passageiros, quase duplicando a sua quota de mercado no espaço de um ano.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here