O uso de máscara será obrigatório no transporte público de São Paulo. De acordo com anuncio do prefeito Bruno Covas, e do Governador João Dória

O uso de máscara será obrigatório no transporte público de São Paulo. De acordo com anuncio do prefeito Bruno Covas, e do Governador João Dória em coletiva de ontem, 29, a medida passa a valer a partir do próximo dia 4.

Dessa forma, valendo para o metrô, trens da CPTM, ônibus municipais e intermunicipais e ônibus rodoviários com fiscalização da Artesp. Além disso, a regra se estende para a passageiros de taxis e aplicativos. Assim, a medida deve ser cumprida por motoristas e passageiros.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

De acordo com Alexandre Baldy, secretário de transportes metropolitanos o uso de máscara no transporte deu certo em outros países. “Essa medida foi adotada em vários países e foi observada como assertiva e recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Não será permitido o acesso ao transporte sem máscara. Podem ser as caseiras de pano.”

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Já o prefeito Bruno Covas, alertou para a punição às empresas, caso transportem algum passageiro que não esteja utilizando máscara. “A multa será de R$ 3.300 por dia, por ônibus, que tiver pelo menos um passageiro sem máscara”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here