De acordo com segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Mato Grosso (Sindmat), o setor de transporte de cargas que faz entregas

De acordo com segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Mato Grosso (Sindmat), o setor de transporte de cargas que faz entregas no comércio teve queda na no movimento em até 70% no Mato Grosso durante a pandemia do novo coronavírus.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A entidade relata que os impactos não foram sentidos nos primeiros 30 dias. No entanto,  após um mês, o movimento caiu de mais de 50% em alguns setores, como o de entrega à lojas e shoppings.

Em Mato Grosso existem 3.650 empresas de transporte rodoviário de cargas, de diversos setores. As transportadoras que fazem entregas em mercados, por exemplo, não tiveram registro de queda. Este setor e o de produtos comprados pela internet foram os que conseguiram se manter.

O presidente do Sindmat, Eleus Amorim, reforça que todas as empresas têm sido impactadas na questão dos financiamentos, já que a prorrogação que o Governo Federal concedeu não atende ao segmento.

“O que nós precisamos é de uma política que possa transferir esse financiamento para longo prazo. O impacto previsto é de seis ou até oito meses, não três como o governo concedeu”, aponta.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here