A produção de transporte ferroviário, que é medida em tonelada quilometro útil (TKU), aumentou 30,1% em março, quando comparado com o mesmo mês de 2020.

A produção de transporte ferroviário, que é medida em tonelada quilometro útil (TKU), aumentou 30,1% em março, quando comparado com o mesmo mês de 2020. Esse aumento foi registrado em todas as concessões ferroviárias do país e na totalidade dos setores analisados, segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Os dados foram apurados pelas concessionárias ferroviárias e repassados à ANTT.

De acordo com balanço do setor produzido pela Associação Nacional dos Transportes Ferroviários (ANTF), neste ano, as ferrovias foram responsáveis pelo transporte de mais de 15% do volume total registrado em 2020. Quando comparado março de 2020 e 2021, o maior crescimento ocorreu no total de toneladas transportadas de granéis agrícolas, com aumento de 53%, combustíveis com +42% e granéis minerais +24,6%.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Em destaque, comparando ao mês anterior, estão soja e farelo, com um desempenho de 51% no transporte. Seguido por 14% em produtos siderúrgicos, 9% em combustíveis, 3,7% em minério de ferro e 3% em açúcar e celulose. Contudo, o transporte de carvão mineral apresentou queda de 7%.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O aumento do minério de ferro é ainda mais significativo quando comparado com o primeiro trimestre de 2020, que foi de 15%. Além disso, segundo o balanço do setor, a produção de transporte de carga geral do país teve alta de 41,2% em março deste ano, quando comparado ao mesmo período de 2020.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here