As infrações por transporte rodoviário interestadual irregular cresceram consideravelmente neste ano. De janeiro a dia 27 de maio, foram 575 autos de infração

As infrações por transporte rodoviário interestadual irregular cresceram consideravelmente neste ano. De janeiro a dia 27 de maio, foram 575 autos de infração por execução de serviços não autorizados de transporte interestadual. Portanto, uma alta de 61% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram registradas 356, segundo a Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Em todo o ano de 2020 foram registradas 1.268 infrações por transporte rodoviário interestadual de passageiro não autorizado, uma queda de 9% na comparação com 2019. Enquanto isso, o volume de passageiros transportados na modalidade interestadual e internacional caiu 61,7% em igual base, para 15,3 milhões.

As empresas tradicionais temem perder clientes, justamente quando se prevê uma forte retomada do setor. A estimativa é que de agora em diante, com o avanço da vacinação contra a covid-19, o turismo doméstico vai crescer. Além disso, o brasileiro está com menos dinheiro no bolso por causa da crise, o que favorece o transporte rodoviário.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Diante do cenário, a Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati) ampliou debates com governos. “A gente sempre conviveu com o transporte clandestino. Com esses bloqueios por causa da pandemia, ele aumentou muito, já que o regular ficou comprometido”, disse a diretora da Abrati, Leticia Pineschi.

Fonte: Valor

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here