Após o segundo dia dia de reuniões, os transportadores de carga líquida, como combustíveis e derivados de petróleo, alinhavaram o acordo sobre o valor do frete.

Após o segundo dia dia de reuniões, os transportadores de carga líquida, como combustíveis e derivados de petróleo, alinhavaram o acordo sobre o valor do frete. O segmento representa uma das 11 categorias existentes. Dentre os participantes da reunião que já vai para o terceiro dia, estão os representantes do governo, transportadoras, embarcadores e caminhoneiros.

De acordo com Ailton Gomes, presidente da Associação dos Transportadores de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Rio de Janeiro, os caminhoneiros estão apresentando os percentuais que consideram justos. “A parte de carga líquida, que nós representamos, está praticamente alinhada. No entanto, faltam apenas detalhes com embarcadores”, disse, ao deixar a reunião.

O ministro Tarcísio Gomes explicou que, na segunda-feira, a reunião foi apenas para separar os grupos. Já na terça foram apresentadas as propostas. “Na quarta-feira deve sair um fechamento”, estimou.

Leia nossa página especial sobre Fretes

Por outro lado, o acordo não deve ocorrer tão facilmente com outros segmentos. Segundo o representante da Confederação Nacional dos Transportadores em Logística (CNTTL) e presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Ijuí (RS), Carlos Alberto Liti Dahmer existe uma diferença maior em outros setores. “A categoria de carga líquida fez um acordo entre todas as partes, validando o que já é praticado pelo mercado. Portanto, não entram nos números do estudo (da Esalq)”, explicou. “No entanto, isso não acontece nas outras categorias, que estão com valores muito defasados”, disse.

As demais ainda estão calculando os percentuais que serão acrescidos à tabela elaborada pela Esalq. Os caminhoneiros criticam os novos valores por considerar apenas custos. Portanto, sem incluir o lucro dos profissionais.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here