A Petrobras anunciou na última segunda-feira (28), um novo reajuste nos combustíveis. Com isso, a gasolina teve aumento de 5% e o diesel, de 4%.

As vendas de diesel já se recuperaram para os níveis pré-crise, de acordo com a diretora de refino e gás natural da Petrobras, Anelise Lara. Segundo ela, no caso da gasolina, o consumo também se recupera. No entanto, ainda com volumes “um pouco abaixo” do período anterior à pandemia da covid-19 chegar ao Brasil e impor a necessidade de medidas de isolamento social.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Além disso, a executiva destacou que espera para junho e julho novos “aumentos moderados” na demanda pelos combustíveis.

Anelise citou que, em maio, a companhia vendeu 3,2 bilhões de litros de diesel e 1,4 bilhão de litros de gasolina. “A gente já recompôs praticamente o que vendíamos antes da pandemia, principalmente no caso do diesel”.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Segundo ela, a taxa de utilização das refinarias da petroleira já retornou a patamares anteriores à crise, na faixa dos 80%. No início de abril, “período mais duro” da queda da demanda, esse índice estava abaixo de 60%.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here