A CNT (Confederação Nacional do Transporte) se posicionou contra a suspensão da cobrança de tarifas de pedágio durante a pandemia de coronavírus.

Por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) decidiu adiar o reajuste dos pedágios das rodovias paulistas. Assim, fica suspensa a alteração nos preços que deveria ocorrer hoje, 1º.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Dessa forma, o reajuste passará a valer a partir do dia 23 de novembro. O adiamento foi anunciado hoje, 1º, pelo governador de São Paulo, João Doria.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Segundo a Artesp, o adiamento do aumento das tarifas dos pedágios também contempla as praças de pedágio da concessionária Entrevias, que teria atualização no dia 6 de julho.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here