Segundo dados da FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, as transações de veículos usados, registrou alta

Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número de roubos de carga nas rodovias federais diminuiu cerca de 35% em 2019. Ao todo, foram 1.390 ocorrências no ano passado, ante 2.120 em 2018. A expectativa do setor é que a queda nos índices se consolide em 2020.

De acordo com a PRF, o Estado que mais sofre com esse tipo de crime é Minas Gerais (459 ocorrências), seguido do Rio (160), do Paraná (135), de São Paulo (80) e de Goiás (80).

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

Vale ressaltar que , essas estatísticas referem-se apenas a rodovias federais. O Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), plataforma do Ministério da Justiça e Segurança Pública que recebe dados das secretarias estaduais, registra 12.732 ocorrências até setembro.

Esse número é maior porque engloba também estradas locais. Entretanto, entidades que acompanham o setor confirmam o viés de queda. A projeção da PRF é que, quando a plataforma for alimentada com todos os dados, até dezembro, esse índice chegue a algo em torno de 17 mil, inferior às mais de 20 mil ocorrências registradas em 2018.

Para a polícia, a diminuição deve-se ao aumento da repressão e da deflagração de operações nos Estados mais críticos. “De 2017 para cá, a Polícia Rodoviária Federal aumentou as suas ações, coordenadas nacionalmente e nas próprias superintendências estaduais. A gente mapeou todos os pontos, onde mais ocorria esse tipo de crime, e fez operações específicas nesses locais”, afirma Paulo Sérgio Guedes de Oliveira, chefe do Grupo de Enfrentamento aos Crimes contra o Patrimônio da PRF.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here