A venda de caminhões cresceu 48,9% em 2021. Entre janeiro e agosto, foram vendidas 82.189 unidades de caminhões contra 55.163 no mesmo período de 2020.

De acordo com relatório da FreteBras a oferta de frete rodoviário no Brasil cresceu 67,50% no primeiro semestre de 2021. A ferramenta de contratação de fretes oferecidos por transportadoras e embarcadores compara os números do primeiro semestre deste ano com o mesmo período de 2020.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Foram apurados 3,44 milhões de operações de frete disponíveis de janeiro a junho de 2021. Seguindo a linha de custo médio por serviço, isso representa R$ 28 bilhões em possíveis operações de frete. São Paulo concentrou o maior volume de ofertas de frete no período com 21,5% de participação do total. Minas Gerais aparece em segundo lugar, com 15,7%, e o Paraná vem em terceiro, com 13,2%.

Entre os maiores crescimentos nessa amostragem, se destaca o estado do Tocantins, que teve uma demanda 170% maior no período analisado. Santa Catarina foi o maior destaque entre os estados do Sul e Sudeste do país com variação de 160% no volume de fretes cadastrados.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

De acordo com o diretor de operações da FreteBras, Bruno Hacad, a alta na atividade econômica está ligada ao avanço da vacinação. “Considerando apenas o segundo trimestre, tivemos um volume de frete 83% maior que no mesmo período de 2020. Ou seja, no início da pandemia.”.

 

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here