O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou nesta quarta (18) que o governo estuda prorrogar o prazo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou nesta quarta-feira (18) que o governo estuda prorrogar o prazo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e de passes livres. Além disso, algumas medidas para ajudar os caminhoneiros autônomos estão sendo analisadas.

O Ministro ainda não detalhou como funcionariam as medidas. Entretanto, disse que o objetivo é evitar filas e atendimentos em balcão em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Vamos evitar atendimentos em balcão. Estamos estudando a extensão de prazo da CNH e de passe livre de maneira que as pessoas não tenham que comparecer em postos para fazerem a extensão da carteira”, afirmou.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

O ministro participou de uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto, ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de outros ministros do governo, entre os quais Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça).

Auxílio para caminhoneiros

Sem detalhar que tipo de ajuda será dada, o ministro afirmou que o governo avalia como beneficiar o trabalhador do transporte rodoviário.

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

“Foco no caminhoneiro autônomo que não tem a proteção social e que eventualmente se tiver um problema, se tiver doente, não tem como trabalhar e levar o sustento para dentro de casa”.

Sendo assim, a negociação é para que seja fixada uma espécie de renda mínima para os caminhoneiros autônomos que estiverem no grupo de risco. Além disso, profissionais afastados do trabalho por estarem em quarentena, também seriam beneficiados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here