A produção industrial brasileira cresceu 3,2% em agosto, na comparação com julho, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (2) pelo I

A produção industrial nacional cresceu pelo terceiro mês consecutivo com alta de 8% em julho, na comparação com o mês anterior. Anteriormente, o setor havia registrado expansão em maio (8,7%) e junho (9,7%). Além disso, pela primeira vez na série histórica iniciada em 2002, 25 dos 26 setores apresentaram taxa positiva. No entanto, o resultado ainda não elimina a perda de 27% acumulada nos meses de março e abril. Na ocasião, foi refletido os efeitos do isolamento social por conta da pandemia da Covid-19.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Na comparação com julho de 2019, a produção industrial teve redução de 3%, nono resultado negativo seguido nesse tipo de comparação. No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa ficou em – 5,7%, o recuo mais elevado desde dezembro de 2016 (-6,4%).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A indústria brasileira apresenta queda de 9,6% nos sete primeiros meses de 2020. De acordo com o gerente da pesquisa, André Macedo, esse índice e o patamar abaixo do ano passado mostram que ainda há espaço para recuperação.”Observa-se uma volta à produção desde maio, e é um crescimento importante. Entretanto, que ainda não recupera as perdas do período mais forte de isolamento”, assinala.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here