Na frente de muitos concorrentes, a empresa de logística da USP, em parceria com a companhia Matternet, anunciou a primeira entrega comercial de produtos via drones. Após permissão dos órgãos reguladores, a primeira entrega realizada com êxito ocorreu no estado de Carolina do Norte (EUA), em uma das bases da WakeMed, que tem três hospitais e oito instalações para pacientes.

Vale destacar que essa foi a primeira entrega com drones totalmente operacional e que gera receita no mundo. “Não é uma demonstração, nem um teste” afirmou Bala Ganesh, que apresenta a divisão de tecnologia da UPS, ao Business Insider.

Focando em um nicho estratégico, a UPS espera que os drones atendam uma necessidade crítica em grandes centros médicos que é o transporte de remédios, amostras e outros produtos relacionados entre hospitais. ” Entregas médicas urgentes como o transporte de órgãos ou de sangue geralmente levavam 30 minutos devido ao trânsito, mas os drones reduzem o tempo de entrega para 3 minutos” de acordo com informações do The Hustle.

Na frente dos concorrentes

Atualmente, com esse anuncio, a UPS está à frente da Amazon e muitas outras empresas. Um grande desafio encontrado pelas companhias, exemplo a varejista Jeff Bezoz, é a permissão dos órgãos reguladores para operarem com os drones, mesmo que para testes.

No ano passado, os reguladores concederam permissão a algumas empresas, incluindo Google, Uber, FeedEx, Intel, mas impediram outras, como a Amazon.

Fonte: InfoMoney.

Compartilhe nas redes sociais

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here