As vendas de diesel da Petrobras cresceram 18,8% em janeiro ante o mesmo período de 2020. Por sua vez, a comercialização da gasolina avançou 8,5%.

Os preços do diesel nos postos de combustíveis do Brasil recuaram 1,1% na primeira quinzena de outubro em comparação com o fechamento de setembro, de acordo com dados do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) publicados nesta quarta-feira.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Segundo a marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, os dados obtidos neste mês em 18 mil postos credenciados contrariam o cenário de alta nas cotações que se apresentava desde junho.

“O comportamento se deve às oscilações de valor para equilibrar os preços do período pré-pandemia. Após a crescente desde o mês de junho, os preços apresentaram baixa no começo de outubro”, disse em nota o head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Dessa forma, a queda ocorre mesmo após a Petrobras elevar por duas vezes seguidas o preço do combustível. Entre o final de setembro e o início de outubro, houveram aumentos nos preços do diesel em suas refinarias. No entanto, ainda assim, o combustível mais utilizado do país acumula queda de cerca de 30% no ano.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here