Os portos do Paraná não sofreram interferência no movimento de cargas que chegam ou são enviadas por mar durante a pandemia de covid-19.

Os portos do Paraná não sofreram interferência no movimento de cargas que chegam ou são enviadas por mar durante a pandemia de covid-19. Dessa forma, são estimados até o fim de abril, 115 navios atracados. Desse total, 28 estão programadas ou já aguardam ao largo para carregar e descarregar produtos de todos os segmentos. As 87 restantes foram anunciadas e devem chegar até dia 30.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

De acordo com o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, os terminais trabalham a todo vapor. “O fluxo nos portos paranaenses está normal, em que pese a atual situação de pandemia. Os terminais estão ativos, cumprindo metas de produtividade. Os tempos operacionais estão ágeis, os órgãos anuentes seguem mantendo a agilidade na liberação das atracações”.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Ele ainda ressalta que as atividades acontecem dentro da normalidade, desde a chegada dos caminhões até as atividades nas balanças. “Percebemos que todos, na cadeia logística do estado, sentem-se seguros com as medidas preventivas adotadas”, diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here