De acordo com balanço da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), a movimentação de cargas nos portos durante primeiro semestre de 2019

Terminais de contêineres do Porto de Santos projetam recordes de movimentação de cargas até o fim do ano. De acordo com a expectativa, apesar de um primeiro semestre abaixo de 2018, deve haver uma recuperação até dezembro.

Nos seis primeiros meses do ano, 1,9 milhão de TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés) entraram ou saíram do cais santista. Assim, o volume representou uma queda de 3,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Entretanto, ao se analisar os números dos sete primeiros meses, essa redução fica em 1,9%.

Confira todas as notícias sobre Portos em nossa página especial

Segundo o diretor comercial da Santos Brasil, Marcos Tourinho, algumas instalações tiveram um primeiro semestre positivo. “Essa movimentação de cargas acumulada na primeira metade de 2019 representou um crescimento de aproximadamente 13% quando comparado ao período equivalente do ano anterior”.

De acordo com o executivo, entre janeiro e junho, o Tecon Santos movimentou aproximadamente 800 mil TEU. Dessa forma, até o final do ano, a empresa pretende atingir a marca de 1,44 milhão de TEU. Assim, registrando um crescimento de cerca de 20% em relação ao volume operado em 2018.

O diretor comercial da DP World Santos, Fabio Siccherino, também segue otimista. “Devemos fechar o ano com uma movimentação superior ao ano passado, de aproximadamente 650 mil TEU. Além disso, devemos ter pouco mais de 600 mil toneladas de celulose”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here