Um exercício simulado reuniu nesta sexta-feira (21) agentes de saúde, trabalhadores e autoridade portuária no combate ao coronavírus no Porto de Paranaguá.

Um exercício simulado reuniu nesta sexta-feira (21) agentes de saúde, trabalhadores e autoridade portuária no combate ao coronavírus no Porto de Paranaguá. Dessa forma, o exercícip simulava a chegada de um navio com suspeita de Covid-19, e reuniu Portos do Paraná, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Primeira Regional de Saúde, Samu, Hospital Regional do Litoral e o Órgão Gestor de Mão de Obra do Trabalhador Portuário (OGMO).

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

Assim, a ação teve o apoio de um navio de bandeira russa e do agente marítimo e serviu para se testar todo o processo de atendimento. O objetivo foi realizar uma simulação completa. Desde a comunicação feita pelo comandante até a retirada do paciente e encaminhamento ao hospital.

De acordo com o chefe da Seção de Segurança e Medicina do Trabalho da Portos do Paraná, Felipe Zacharias, a ação pode identificar falhas. “O objetivo é entender todo o fluxo que será adotado em casos reais, identificar possíveis falhas e, portanto, fazer as adequações necessárias e atender da maneira mais rápida e eficiente”.

Segundo ele, é essencial que os órgãos envolvidos trabalhem em sintonia. “Se nossa comunicação falha, muito provavelmente o atendimento também vai falhar. Por isso, a intenção é envolver todos na sistemática, já que a operação portuária é muito complexa e ainda não existem casos da doença no Brasil”, diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here