O Brasil o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) já publicou três deliberações que tratam de prazos relacionados a processos e procedimentos relacionados

De acordo com pesquisa do Datafolha, a população desaprova as mudanças propostas pelo governo à legislação de trânsito brasileira. Segundo as 2.006 pessoas com 18 anos ou mais ouvidas, em 130 municípios brasileiros, entre os dias 4 e 5 de julho, 56% da população é contra o aumento de 20 para 40 pontos no limite da CNH. Por outro lado, 41% se mostram a favor da mudança.

Do mesmo modo, os entrevistados se mostraram contra o cancelamento da instalação de radares nas rodovias. Segundo a pesquisa, 67% das pessoas rejeitam o cancelamento dos radares, enquanto 30% apoiam a iniciativa.

Por fim, a entidade questionou a população se as novas medidas propostas pelo governo tornarão o trânsito mais seguro. De acordo com os ouvidos, 41% dos entrevistados acreditam que as medidas para o trânsito apresentadas por Jair Bolsonaro farão com que o trânsito fique mais violento. Para 20%, os projetos tornarão o trânsito mais seguro e, para 36%, a situação não irá mudar. 3% não souberam responder.

Em contra-partida, o ministro da infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou que não vê problemas na opinião adversa refletida na pesquisa. “Se for essa a percepção de momento, a percepção histórica, ótimo, isso não vai passar no Congresso. Porque o projeto foi submetido ao Congresso”, disse, durante coletiva de balanço de seis meses do ministério.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here