A Petrobras reduzirá o preço médio da gasolina em suas refinarias em 4% a partir de sexta-feira (31). No entanto, o diesel seguirá com cotações estáveis

A Petrobras reduzirá o preço médio da gasolina em suas refinarias em 4% a partir de sexta-feira (31). No entanto, o diesel seguirá com cotações estáveis, de acordo com a companhia por meio da assessoria de imprensa nesta quinta-feira (30).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O reajuste é a primeira redução de preços da estatal para o combustível desde meados de abril. De lá pra cá, o combustível teve uma série de aumentos, que acompanharam em parte a recuperação do petróleo no mercado internacional devido ao relaxamento de medidas de isolamento adotadas pelo mundo para conter a disseminação do coronavírus.

Os preços do petróleo Brent, referência internacional, dispararam 120% desde mínimas de 20 anos atingidas em abril. Entretanto, a alta perdeu força em meio a uma constante expansão dos novos casos de coronavírus pelo mundo. Com isso, a retomada de ações de prevenção em alguns países e alimentou preocupações sobre a demanda por combustível.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Assim, o corte anunciado para hoje, interrompe uma sequência de nove aumentos seguidos para a gasolina desde meados de abril, quatro deles na casa de dois dígitos, segundo dados da Petrobras compilados pela Reuters. No diesel, o último movimento de preços foi uma elevação média de 6%, em 17 de julho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here