A Petrobras elevou na sexta-feira (31) o preço do óleo diesel em 13% nas refinarias, saltando de R$ 2,0316 para R$ 2,2964. O reajuste veio um dia após a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) ter anunciado a nova tabela com os preços de referência para a comercialização do diesel nas diversas regiões do país e é o primeiro desde junho, quando o governo congelou o preço nas refinarias para fechar acordo com os caminhoneiros, que estavam em greve.

A nova tabela passou a valer a partir de hoje (31) e implicará em aumento nas bombas. Pela tabela da ANP, o maior preço praticado para o óleo diesel vai vigorar na Região Centro-Oeste, onde o preço do produto vai passar de R$ 2,1055 para R$ R$ 2,4094, alta de mais de 14%.

A companhia também anunciou aumento de 1,53% no preço do litro da gasolina nas refinarias, que passará a partir dos R$ R$ 2,1375 para R$ 2,1704. É o valor mais caro cobrado pelo preço do litro da gasolina desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a sua política de preços e passou a acompanhar as oscilações do preço da commoditie no mercado externo.

Ao divulgar a tabela com o reajuste, a ANP ressaltou o fato de que “os novos valores refletem os aumentos dos preços internacionais do diesel e do câmbio no último mês”.

Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here