De acordo com uma pesquisa realizada pela Webmotors Autoinsights, 31% dos motoristas alegaram alterar a rotina e a forma como se deslocam

De acordo com uma pesquisa realizada pela Webmotors Autoinsights, 31% dos motoristas alegaram alterar a rotina e a forma como se deslocam em função do alto preço dos combustíveis.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Desse total, 22% passaram a andar mais a pé e 21% optaram por investir em uma moto, tendo em vista que é um transporte individual mais econômico. Por outro lado, essa procura resultou em um recorde de acidentes envolvendo motos entre 2020 e 2021.

No entanto, a pesquisa mostra ainda que mesmo os motociclistas mudaram sua forma de locomoção buscando economia. As principais alternativas para os motociclistas foram as bicicletas (33%) e carros por aplicativo, para 22% do grupo.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Praticamente toda semana o preço dos combustíveis tem subido. O diesel, acumula alta de mais de 30% no ano, e está na quarta semana seguida de aumento no valor médio. A gasolina e o etanol não ficam atrás, com o primeiro já superando os R$ 6 no valor médio do litro no país.

Fonte: Autoesporte

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here