A conclusão da pavimentação da BR-163/PA acelerou o escoamento de soja no início da colheita da oleaginosa nesta safra 2019-20.

A conclusão da pavimentação da BR-163/PA acelerou o escoamento de soja no início da colheita da oleaginosa nesta safra 2019-20. Dessa forma, alterando preços do frete rodoviário para o transporte do grão.

De acordo com Fernando Bastiani, pesquisador do Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial (EsalqLog/USP), o custo cai em função da concorrência.

“A conclusão do asfaltamento da BR-163 cortou pela metade o tempo de viagem dos caminhoneiros, e isso também pressionou os preços do transporte do Centro-Oeste ao Sul devido à concorrência.”

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

De Sinop (MT) a Itaituba (PA), o tempo de viagem diminuiu de uma média de 12 dias para entre 5-6 dias. Por este motivo, o frete nessa rota caiu 18,2%, de R$ 203,21 a tonelada em janeiro de 2019, para R$ 166,17 a tonelada no mesmo mês deste ano, destaca o jornal Valor Econômico.

Al´em disso, Bastiani afirmou que a variação do dólar é outro fator levado em conta. “No ano passado, a colheita estava bem adiantada. Entretanto, o preço da soja tendia a subir mais e as tradings e produtores seguraram um pouco as vendas. Neste ano, o dólar estava em escalada e todos quiseram aproveitar para vender e entregar rápido.”

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here