Os ônibus do transporte público do Município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, não poderão mais circular com passageiros em pé. Dessa forma, a

Os ônibus do transporte público do Município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, não poderão mais circular com passageiros em pé. Dessa forma, a limitação tem como objetivo tentar reduzir a lotação nos veículos e, assim, evitar contaminações por coronavírus nesse tipo de aglomeração. Recentemente, a superlotação dos veículos foi motivo de reclamação por parte de trabalhadores que precisam do sistema de transporte.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Com isso, a medida passou a valer neste domingo (28/3) e assim que os assentos forem ocupados, os motoristas não terão permissão de pararem os veículos para embarcar mais passageiros. A determinação vale tanto para embarques em pontos pelas ruas, cabines nos corredores do transporte público ou mesmo terminais.
Terão prioridade no acesso aos veículos do transporte público coletivo urbano do Município, todos os trabalhadores da área de saúde. No entanto, os profissionais devem apresentar documento funcional.
Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 
Segundo a resolução municipal, não haverá aumento no número de veículos para suprir a menor capacidade de cada ônibus. “O Município designará a frota estimada para atendimento da demanda, limitado à quantidade máxima de veículos operacionais disponíveis no contrato”, afirma a publicação.
Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here