A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou, na última terça (13), o orçamento da nova Transnordestina em R$ 8,9 bilhões.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou, na última terça (13), o orçamento da nova Transnordestina em R$ 8,9 bilhões. Operada pela Transnordestina S/A, a obra está parada desde 2017 por decisão do Tribunal de Contas da União (TCU). À época, o tribunal afirmou que o empreendimento tinha grandes chances de não ser finalizado por insuficiência de dados do orçamento da obra.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Agora, a decisão da ANTT será encaminhada ao TCU, que avaliará a estimativa feita pela agência e poderá validar ou não a estimativa. A nova Transnordestina corta os estados do Ceará, Piauí e Pernambuco, e tem mais de 1.753 km de extensão.

Além disso, na mesma reunião, a atualização do piso mínimo do frete do transporte rodoviário de cargas. Pela decisão, a nova tabela, que conta com 12 categorias diferentes de cargas, será reajustada pelo IPCA acumulado e a variação do diesel.

Alta do IPCA deixa alerta ao setor de transportes

O piso mínimo do frete dos caminhoneiros foi a principal demanda da categoria na greve de 2018. Desse modo, ela foi implementada em janeiro de 2020 e desde então é atualizada a cada 6 meses.

Fonte: ANTT

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here