anças em relação ao número de pontos para suspensão da carteira, uma mudança preocupa mais os caminhoneiros. Trata-se de mais rigidez em relação as normas do exame toxicológico.

As mudanças no CTB (Código de trânsito brasileiro) anunciadas nessa semana mudaram um pouco a rotina dos trabalhadores do TRC. Entre novos prazos de validade da CNH, mudanças em relação ao número de pontos para suspensão da carteira, uma mudança preocupa mais os caminhoneiros. Trata-se de mais rigidez em relação as normas do exame toxicológico.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

O exame é obrigatório para motoristas habilitados nas categorias C, D e E. Agora, a legislação prevê maiores punições em caso de infrações a respeito da obrigatoriedade do exame. Assim, quem for pego sem estar com o exame em dia, poderá pagar multas e até a suspensão da permissão de dirigir.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O exame toxicológico é obrigatório desde 2016. O teste é usado para detectar o uso de drogas, como maconha, cocaína, e qualquer substância psicoativas no organismo do condutor.

 

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here