Durante a 22ª edição da Fenatran, A Scania anunciou que já recebeu mais de 11 mil encomendas da Nova Geração de caminhões,
Scania R 500 6x4 grain transport/ Divulgação

Durante a 22ª edição da Fenatran, a Scania anunciou que já recebeu mais de 11 mil encomendas da Nova Geração de caminhões, após apenas oito meses de início oficial das vendas. Dessa forma, a fabricante alterou sua projeção de crescimento no mercado de caminhões em que atua, acima de 16 t (semipesados e pesados), de 10 a 20% para um volume que ficará entre 40 a 50% superior a 2018.

Confira tudo que está rolando na Fenatran com a nossa cobertura especial Focus On Fenatran

De acordo com Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil, os resultados são espetaculares, especialmente pelo pouco tempo de mercado. “A nossa promessa de economia de combustível de até 12% em comparação com a geração anterior já está sendo ultrapassada por inúmeros clientes. Com apenas oito meses de vendas, já temos o R 450 como segundo caminhão mais vendido de toda a indústria e da categoria dos pesados”, afirma.

Ainda durante a coletiva de abertura da Fenatran, realizada no domingo 14, Barral atribuiu o sucesso de vendas da nova geração a uma série de vantagens que os modelos proporcionam. Em especial, a economia de combustível de até 12%. “Os nossos modelos se destacam positivamente no uso diário, surpreendendo inclusive clientes que já eram Scania. Assim, com a nova geração, o investimento retorna para o cliente, que sente o benefício no bolso todos os meses. Quanto menor o consumo de combustível menor o custo de manutenção”, completou.

Números da nova geração

De janeiro a agosto de 2019, a Scania emplacou 9.685 caminhões no mercado acima de 16t. Assim, registrando alta de 61,3% em comparação às 6.003 do mesmo período do ano passado. Além disso, os números representaram um desempenho superior ao mercado acima de 16t que registrou 54.780 unidades (contra 36.155) e acréscimo de 51,5%. A participação subiu de 16,6% para 17,7%.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here