Em linha com as projeções de crescimento da economia, o governo estima alta de 3% a 4% na movimentação de cargas nos portos públicos em 2020.

Na comparação com janeiro do ano passado, o Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá movimentou em janeiro deste ano 20% mais cargas. Somados, soja, trigo e milho, o porto atingiu um volume total de 1,87 milhão de toneladas exportadas neste último mês.

O maior destaque foi na movimentação da soja: 575.570 toneladas do grão exportadas no primeiro mês de 2019. O volume representa um aumento de 59%, enquanto o milho atingiu um crescimento de 50% em relação ao mesmo período de 2018.

Luiz Fernando Garcia, diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), afirma que melhorias estão por vir: “Ainda neste ano serão concluídas as obras do corredor oeste de exportação. O berço 201 terá a capacidade de embarque ampliada de 2 milhões para 6,5 milhões de toneladas”. Atualmente, os embarques de grãos acontecem em um complexo que tem nove terminais interligados e três berços de navios, e carregamento simultâneo.

Leia também: Paranaguá projeta elevar em 66% volume de cargas até 2030

Importação

O volume de importações também registrou um aumento de 14%, em comparação com janeiro de 2018. Entre os produtos mais importados estão o Malte e a Cevada, que movimentaram juntos 80.102 toneladas, registrando um aumento de 160% em relação a 2018.

O trigo também atingiu números relevantes. Enquanto em janeiro de 2018 não foram registradas movimentações do produto, neste último mês foram registradas 64.433 toneladas de importações.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here