De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, deve haver uma revisão nas normas de pesagem de caminhões. Segundo declaração

De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, deve haver uma revisão nas normas de pesagem de caminhões. Segundo declaração do executivo na última quinta, 21, o objetivo é reduzir os custos dessas operações.

“Estamos revisando a norma de pesagem para onerar menos o caminhoneiro, ter menos multa em função disso. Estamos acabando com o peso por eixo em veículos de até 50 toneladas, aumentando a tolerância nos veículos que vão carregar mais”, disse.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Em breve, essa norma vai estar publicada e a gente está trabalhando muito na simplificação do transporte”, reforçou ele, em transmissão ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

Além disso, Freitas destacou a decisão citada por Bolsonaro de ter reduzido taxas de importação de pneus para caminhões. Segundo ele, essa redução vai aumentar a competitividade dos pneus e poderá levar a uma redução de preços dos produtos.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A mudança na pesagem é defendida por representantes dos caminhoneiros. No entanto, concessionárias de rodovias alegam que, por serem veículos mais pesados, caminhões geram um desgaste maior do asfalto e necessidade mais frequente de manutenção. Por isso, em tese, poderiam pedir readequação dos contratos.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here