O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, nesta terça-feira (25), obras em oito estradas de Minas Gerais. De acordo com o político

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, nesta terça-feira (25), obras em oito estradas de Minas Gerais. De acordo com o político, os recursos são do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemg), totalizando R$ 100 milhões.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Depois de praticamente cinco meses totalmente dedicados à pauta da pandemia, o nosso estado começa a ter, necessariamente, de se preocupar com a pauta de investimentos e empregos. Lembrando que a pandemia, nesses últimos 5 e 6 dias, já demonstrou uma queda no número de casos, de óbitos e tudo indica que o pico já está ficando para trás”, disse o governador.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O governador não deu previsão de término das obras. No entanto, indicou que elas podem ser concluídas até 2022, ainda durante seu mandato. “Eu espero com toda certeza, como não se tratam de grandes obras, ainda ter o orgulho de inaugurá-las com o nosso secretário”, afirmou Zema.

Confira as obras anunciadas pelo governador

  1. Conclusão do Anel Viário de Sete Lagoas, na Região Central;
  2. Contorno sul de Uberlândia, que ligará a BR-050 à MG-497, no Triângulo Mineiro;
  3. Construção do contorno de Cataguases, que permitirá o acesso à BR-120, na Zona da Mata;
  4. Melhoria no contorno de Poços de Caldas, para desviar o transito de área urbana, no Sul de Minas;
  5. Vias laterais no contorno sul de Montes Claros, com a ligação das rodovias BR-135 e BR-365, no Norte de Minas;
  6. Conclusão de acesso ao distrito industrial de Jacutinga, no Sul do estado;
  7. Ligação da BR-040 com a MG-353, em Goianá, na Zona da Mata;
  8. Pavimentação da MG-135, entre Antônio Carlos e Bias Fortes, também na Zona da Mata.

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), Fernando Marcato, a previsão é gerar 3,6 mil empregos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here