do progressivo colapso em andamento, será tema do Foro Inteligência Risco do colapso do transporte urbano no mundo e no Brasil, hoje, 4 de maio, às 19h.

O Metrô de São Paulo registrou prejuízo de R$ 1,7 bilhão em 2020 em comparação a 2019. Dessa forma, refletindo o impacto da pandemia do coronavírus no transporte coletivo da capital paulista. Vale ressaltar que em 2019, a estatal já computara prejuízo de R$ 599 milhões. A informação consta do Relatório da Administração 2020 publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira, 13 de abril de 2021.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

De acordo com a publicação, a receita operacional líquida também caiu. Ao todo, em 2020 a receita da companhia alcançou R$ 1,46 bilhão. Portanto, tendo uma redução de 48% em comparação a 2019, quando atingiu R$ 2,8 bilhões.

A principal fonte de recursos da companhia proveniente da atividade operacional é a prestação de serviço de transporte de passageiros, composta por receita tarifária e ressarcimento de gratuidade”, diz o Relatório da Companhia.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Esta fonte representou 90% da receita operacional bruta de 2020. A receita não tarifária também sofreu queda em 2020, quando alcançou R$ 167 milhões ante R$ 247 milhões em 2019.

Fonte: Diário do Transporte

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here