A Mercedes-Benz e a Bosch anunciaram hoje (2) a formação de consórcio para construção de um Centro de Testes Veiculares, que será construído dentro do Campo de Provas da Mercedes-Benz, em Iracemápolis (SP). A iniciativa vai possibilitar a realização dos mais diversos ensaios voltados para o desenvolvimento e homologação de caminhões, automóveis e componentes das empresas parceiras. E também poderá ser utilizado por outros fabricantes de veículos e autopeças, além de sistemistas e demais empresas do setor automotivo, em regime de aluguel.

“Esse empreendimento está alinhado com nosso objetivo estratégico de “local for local”, ou seja, ter centros de competência locais para atendimento das demandas de nossos clientes”, afirma Besaliel Botelho, presidente da Robert Bosch América Latina (na foto, à esquerda). Segundo ele, depois de construído, o Centro poderá testar e validar sistemas de eficiência energética, de segurança e de assistência ao condutor, entre outros. Tanto aqueles que já estão disponíveis no mercado brasileiro, quanto outros que virão por conta do Rota 2030 ou que serão demandados pelas legislações futuras.

Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina, ressalta que o Centro de Testes Veiculares irá proporcionar um grande impulso à indústria automotiva brasileira. “Muitos ensaios que hoje são feitos na Europa, para fins de homologação de produto no Brasil, poderão ser feitos em Iracemápolis, encurtando o tempo de desenvolvimento e lançamento do produto”. Em adição, ele explica que o empreendimento vai exigir um investimento conjunto de R$ 70 milhões e deve entrar em operação em 2021.

O projeto inclui, ainda, a construção de novas pistas de testes no terreno que abriga o Campo de Provas da Mercedes-Benz. Além de boxes de oficina conjugados à escritórios individualizados, estacionamento para protótipos confidenciais de veículos em desenvolvimento, além de outras dependências de apoio, como áreas para refeições, apresentações e eventos.

“A criação do Centro de Testes chega no momento certo, a fim de atender às futuras legislações de segurança veicular. E, também, é um importante passo da Mercedes-Benz do Brasil, no desenvolvimento de veículos cada vez mais seguros e inteligentes”, comenta Philipp Schiemer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here