Apesar de acusar um recuo no volume de licenciamentos em 2020, tanto no segmento de caminhões quanto de ônibus, a Mercedes-Benz

Apesar de acusar um recuo no volume de licenciamentos em 2020, tanto no segmento de caminhões quanto de ônibus, a Mercedes-Benz comemorou algumas conquistas no ano. O anúncio foi feito durante encontro com a imprensa especializada, ocorrida hoje (24) em formato virtual, que também serviu para apresentar o novo presidente da empresa no país, o executivo Karl Deppen.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Entre outras vitórias, o executivo destacou a manutenção da liderança no mercado de veículos comerciais, a reconquista do título de maior mercado do mundo para a marca e a confirmação do investimento de R$ 2,4 bilhões para o período 2018 a 2022, apesar da pandemia que ainda segura a expansão das vendas.

“Num ano atípico como 2020, fortemente impactado em todo o mundo pela pandemia do coronavírus, superamos os obstáculos e mantivemos a nossa marca no topo de vendas e de participação de mercado de veículos comerciais”, afirma Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Com isso, o Brasil volta a ser o primeiro mercado do mundo para caminhões Mercedes-Benz, além de ser também o maior para ônibus da marca”.

Liderança nos pesados

Outra boa notícia foi a liderança conquistada no segmento de caminhões extrapesados, perdida para a Volvo em 2019. Entre motivos para isso, o VP da empresa na área de Vendas e Marketing, Roberto Leocini, destaca o bom desempenho da linha Actros, especialmente no agronegócio.

“Esse resultado impulsiona ainda mais o avanço do Novo Actros, que começou a ser entregue aos clientes a partir de julho de 2020 e que já teve 637 unidades emplacadas em 2020. O Novo Actros oferece ainda mais valor agregado em performance, economia, robustez, segurança e conforto, além de garantir mais conectividade e interatividade entre o motorista, o gestor da frota, o operador logístico e o cliente final”, destaca o executivo.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Na área de peças e serviços os resultados foram igualmente animadores, com crescimento de 17% nas vendas, em comparação ao ano anterior. O mesmo aconteceu com os planos de manutenção, que mostraram uma evolução de 5% em 2020.  E, ainda, com as vendas de caminhões usados através da rede Selectrucks, que expandiram 12% e totalizaram 1.551 unidades comercializadas no período.

Para o ano em curso, Roberto Leoncini projeta um mercado de 16.000 unidades no segmento de ônibus e 101.00 caminhões licenciados no mercado interno, o que equivale a uma evolução de 13,5% e 16,1% pela ordem. Karl Deppen, por sua vez, prefere ilustrar a confiança da empresa no país na forma da criação de 1.000 novos empregos esse ano, entre contratações temporárias e efetivação de aprendizes.

O novo presidente minimizou os problemas atuais como a cadeia de fornecedores, relativos à falta de peças e insumos, que travam a expansão da indústria de veículos comerciais no país. Ao seu, a empresa tem uma forte rede de parcerias em nível mundial que podem eventualmente suprir a demanda interna e que os problemas pontuais estão sendo tratados caso a caso

Novo slogan

Por fim, Roberto Leoncini ressaltou que a Empresa acredita no poder de escutar as dores e soluções dos próprios clientes e é por isso que, desde 2015, adotou o slogan ‘As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve’. “Queríamos nos aproximar de quem realmente importa para nós, que são nossos clientes, os caminhoneiros autônomos, frotistas e motoristas de transportadoras de todo o Brasil. Precisávamos mudar a nossa postura e, de forma mais humanizada, estar mais próximo deles e da sua realidade. E conseguimos. Tanto que ao longo dos anos, vimos o nosso slogan ganhar a boca do caminhoneiro. Em 2019, decidimos dar mais um passo nessa aproximação. Percebemos que precisávamos escutar ainda mais e melhor as necessidades específicas de cada região. E foi assim que o nosso slogan evoluiu para: “As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve e entende os sotaques”.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here