O Banco Mercedes-Benz oferece mais uma condição especial para a aquisição de veículos comerciais durante todo o mês de julho. Dessa forma,

A Mercedes-Benz acredita que o país tem capacidade de produzir e comercializar 200 mil caminhões por ano. De acordo com Roberto Leoncini, vice-presidente de marketing, vendas e pós-vendas da divisão de caminhões da companhia em entrevista ao Estadão, o mercado brasileiro poderia dobrar. Em 2019, foram emplacadas 101.334 unidades.

Ainda mais, siga-nos no Instagram e fique informado sobre tudo que acontece no setor de transportes

Entretanto, a atual expectativa de crescimento para o setor é entre 10% e 15% para 2020. A Mercedes-Benz espera atingir o mesmo saldo positivo para o ano. No entanto, o executivo afirma que o país pode muito mais. De acordo com ele, para dobrar as vendas é preciso uma política bem estruturada de renovação de frota. Ele afirma que, entre as vantagens, os caminhões novos são mais seguros, econômicos e poluem menos.

“Se crescermos 10%, 20%, é pouco. Considero isso triste, levando em conta o estado da frota atual e o potencial do Brasil na geração de carga. A safra do País e os volumes de exportação vão crescer. A distribuição de renda está melhorando e o nível de desemprego, embora ainda seja alto, está caindo. Além disso, o PIB dos Estados vem avançando. Tudo isso nos leva a crer que é plausível fechar 2020 com 110 mil ou 120 mil caminhões vendidos”, afirmou Leoncini.

 

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here