Caminhões têm dificuldade para trafegar na MT-358 — Foto: Reprodução/TVCA

Uma das principais rodovias para escoamento de grãos do Mato Grosso, a MT-385 tem recebido diversas críticas dos motoristas. Segundo os usuários a via tem problemas com buracos, falta de sinalização e de acostamento. A estrada dá acesso à região oeste de Mato Grosso. Em razão dos problemas, os motoristas reclamam de diversos prejuízos causados.

Confira nossa página especial sobre rodovias

Segundo Luciano Quirino, funcionário de uma algodoeira em Sapezal, a 473 km de Cuiabá, essas semana ele perdeu um dos pneus de seu carro em função das condições da estrada. De acordo com Quirino, ele foi desviar de outro veículo que já estava parado na estrada por problemas ocasionados pelos mal estado da via, Luciano caiu num buraco e pneu estourou.

Em um trecho da MT-385, próximo à Serra Pareci, as condições estão bem complicadas. Além dos buracos, que são grandes, não há sinalização, nem acostamento.

Más condições da rodovia tem causado prejuízos aos motoristas — Foto: Reprodução/TVCA
Más condições da rodovia tem causado prejuízos aos motoristas — Foto: Reprodução/TVCA

Caminhoneiros temem por acidentes

Os caminhoneiros também reclamam, relatam que o perigo de acidente é constante. Ainda mais, acabam desembolsando um custo alto para manutenção dos caminhões.

“Se colocarmos na balança, o lucro é muito pouco. Já que o valor o frete está abaixo e o custo de manutenção do caminhão é alto. Portanto, às vezes, não compensa”, declarou o caminhoneiro Osmair Carvalho Benício.

O trajeto de Tangará da Serra a Campo Novo do Parecis deveria ser de 2 horas e meia a 2 horas e 40 minutos. Entretanto, com as condições da rodovia, essa viagem em um trecho de pouco mais de 150 quilômetros, chega a durar 4 horas.

A Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que a manutenção e limpeza da MT-358 no trecho entre Tangará da Serra e Barra do Bugres estão sendo realizadas. Informou ainda que já foi aberta consulta pública para o processo do programa de concessões de rodovias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here