No período, empresa consolidou US$624,5 milhões


No período, empresa consolidou US$624,5 milhões

“A PACCAR anunciou aumento de receitas e do lucro líquido no segundo trimestre de 2012”, disse Mark Pigott, Presidente e CEO. Os bons resultados do segundo trimestre da PACCAR ocorreram devido ao aumento das vendas de caminhões na América do Norte e na América do Sul, e aos bons resultados da PACCAR Financial Services em todo o mundo, em comparação com o segundo trimestre de 2011. O fraco crescimento econômico dos Estados Unidos, juntamente com a incerteza que está ocorrendo na Zona do Euro, poderá diminuir os pedidos de caminhões nos meses que restam para o final de 2012. “Estou muito orgulhoso dos nossos 23.000 funcionários que geraram excelentes resultados para nossos acionistas e clientes”.

“O forte balanço patrimonial da PACCAR e a consistente lucratividade permitiram os investimentos que estão em curso, aumentando as operações globais da PACCAR, proporcionando excelente eficiência operacional e apoiando o desenvolvimento de produtos inovadores. Durante o segundo trimestre, a Kenworth e a Peterbilt iniciaram a produção dos novos caminhões T680 e do Modelo 579, e a DAF apresentou seu novo motor PACCAR MX, de 13 litros, em conformidade com a Euro 6. Esses investimentos contribuirão para o crescimento da empresa em longo prazo”, disse Pigott.

A PACCAR teve um faturamento de US$297,2 milhões (US$0,83 por ação diluída) no segundo trimestre de 2012, um aumento de 24%, em comparação com os US$239,7 milhões (US$0,65 por açãodiluída) auferidos no segundo trimestre do ano passado. As vendas líquidas do segundo trimestre e as receitas de serviços financeiros foram de US$4,46 bilhões, em comparação com os US$3,96 bilhões anunciados em 2011. As vendas líquidas e as receitas de serviços financeiros para os primeiros seis meses de 2012 foram de US$9,23 bilhões, um aumento de 27% em comparação com os US$ 7,24 bilhões no ano passado. Para os primeiros seis meses de 2012, a PACCAR registrou lucro líquido de US$624,5 milhões (US$1,75 por ação diluída), um aumento de 44%, em comparação com os US$ 433 milhões (US$ 1,18 por ação diluída) de 2011.

Atualização da recompra de ações.

Durante o segundo trimestre de 2012, a PACCAR recomprou 3,2 milhões de suas ações ordinárias por US$123,9 milhões. “Nos últimos doze meses, a PACCAR comprou 12,8 milhões de suas ações em um investimento total de US$477,1 milhões”, disse Ron Armstrong, presidente da PACCAR. “O excelente lucro líquido e o forte fluxo de caixa da PACCAR tornaram as ações da empresa um investimento atraente em longo prazo”. Os acionistas da PACCAR tiveram um retorno médio de 14,9% ao ano, nos últimos dez anos, em comparação com o Índice da S&P 500, as demais empresas tiveram um retorno médio anual de 5,3%, no mesmo período.

Mercados globais de caminhões

A DAF continuou a fortalecer a sua posição no mercado europeu de caminhões, alcançando uma participação de 16% no segmento acima de16 toneladas nos primeiros cinco meses de 2012. “A DAF é uma das líderes no segmento de cavalos mecânicos do Mercado Europeu, reconhecida pelos frotistas por sua liderança em produtos de qualidade, baixo custo operacional e excelente valor de revenda”, disse Harrie Schippers, Presidente da DAF. “Nossa estimativa para 2012 é de que os emplacamentos da indústria no mercado de caminhões acima de 16 toneladas na Europa serão de 210.000 a 230.000 unidades, em comparados com as 241.000 unidades de 2011”.

“Espera-se que as vendas no varejo dos caminhões Classe 8, nos EUA e no Canadá, fiquem na faixa de 210.000 a 230.000 veículos em 2012. Em 2011, as vendas do setor de varejo foram de 197.000 unidades. Nossos clientes estão se beneficiando com a maior tonelagem do frete, o que melhorou a taxa de utilização da frota e com preços de combustível mais baixos”, disse Dan Sobic, Vice-Presidente Executivo da PACCAR. “No primeiro semestre de 2012, a PACCAR aumentou para 29,9% sua participação de mercado no varejo dos caminhões Classe 8 nos EUA e Canadá”.

Expansão Sul-Americana

A construção da nova fábrica da DAF PACCAR em Ponta Grossa, no Brasil, está progredindo. “O Brasil é um grande mercado de caminhões tendo projeção de vendas de 135.000 unidades, no segmento acima seis toneladas, em 2012. A faixa de produtos da DAF oferece qualidade superior, baixos custos operacionais e o motor PACCAR MX, que é líder da indústria”, disse Bob Christensen, Vice-Presidente Executivo da PACCAR. “A produção de caminhões DAF no Brasil em 2013 é um desenvolvimento interessante, que aumentará as vendas da PACCAR na América do Sul”.

Por mais de 40 anos, os veículos da Kenworth, uma empresa do grupo PACCAR, conquistaram significativa participação de mercado em muitos países sul-americanos da região andina. “A introdução bem sucedida dos veículos da DAF, importados da Europa, no Chile, Equador e Peru em 2011, ajudou a PACCAR a atingir um nível recorde de vendas de veículos na região”, disse Sam Means, Vice-Presidente da PACCAR. “O total das entregas de caminhões PACCAR de 4.500 unidades na região andina da América do Sul nos primeiros seis meses de 2012, aumentou 75%, em comparação com o primeiro semestre do ano passado”.

Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here