Índice ABCR sobe 2,2% em agosto

O Brasil poderá duplicar a extensão de rodovias concessionadas em até cinco anos segundo o presidente da Associação Brasileira

O índice ABCR referente a agosto de 2021 apresentou crescimento de 2,2% no comparativo com julho, considerando os dados dessazonalizados. O fluxo pedagiado de veículos leves apresentou avanço de 3,8%. Por sua vez, os pesados registraram crescimento de 1,3%.

O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Comparado ao mesmo período de 2020, com maior interferência da pandemia, o índice total avançou 9,5%. O fluxo pedagiado de veículos leves registrou avanço de 11,2%, enquanto o fluxo de pesados cresceu 5,3%. Nos últimos doze meses, o índice total acumula avanço de 5,8%, fruto do avanço de 8,6% dos veículos pesados e de 4,8% dos veículos leves.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Os últimos resultados confirmam a trajetória positiva para o fluxo de veículos leves, impulsionada pela melhora do quadro sanitário nas principais regiões do País. Neste sentido, é possível observar a diferença de velocidade de recuperação entre os segmentos. Após atingir o pior momento da série em abril de 2020 (ficando 51,9% abaixo do patamar verificado em fev/20), a retomada do trânsito de leves ocorre de forma gradual, acompanhando a reabertura da economia e a flexibilização de medidas de isolamento social”, afirma Andressa Guerrero, analista da Tendências Consultoria.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu Nome aqui!