O índice ABCR de atividade referente a junho de 2020 apresentou crescimento de 18% no comparativo com o mês de maio, de acordo com os dados dessazonalizados.

O índice ABCR de atividade referente a junho de 2020 apresentou crescimento de 18% no comparativo com o mês de maio, de acordo com os dados dessazonalizados. No entanto, na comparação com junho de 2019, o índice total ainda registrou queda de 22,1%.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Com os dados dessazonalizados, com relação a maio, o fluxo de veículos leves apresentou alta de 20,8%, enquanto pesados avançou 9,7%. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias-ABCR juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Em relação a junho de 2019, o fluxo pedagiado de veículos leves registrou recuo de
29,2%, enquanto o fluxo de pesados caiu 0,3%. Segundo Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria, os números mostram uma estabilidade em relação aos pesados.

“Ao se observar a métrica de comparação anual, o fluxo de pesados apresentou praticamente estabilidade. Além da menor subutilização da economia durante as quarentenas. Além disso, ajudou no resultado o maior número de dias úteis em junho deste ano frente a igual mês do ano passado (dois dias adicionais). Quanto aos veículos leves, ainda que registre menores quedas comparado a abril, o indicador continua no terreno negativo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here