O preço de referência para cobrança de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis aumentará em 18 estados e no DF.

O preço de referência para cobrança de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis aumentará em 18 estados e no DF. Dessa forma, o preço do diesel pode aumentar ainda mais. A mudança nos valores do imposto passará a ser valida a partir de amanhã, 16. Em relação ao GLP (gás liquefeito do petróleo), o imposto terá reajuste em  13 estados.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O nome técnico desse valor é PMPF (preço médio ponderado ao consumidor final). Assim, o reajuste significa que haverá uma arrecadação maior de ICMS sobre esses produtos, mesmo sem alteração das alíquotas do imposto. No entanto, o repasse desse aumento ao consumidor final depende de decisão dos postos.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Os aumentos estão em ato do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária). Em fevereiro, Jair Bolsonaro determinou a retirada dos impostos federais sobre gás e diesel a partir de 1º de março. Dessa forma, com intuito de frear a alta no valor do diesel e gasolina. Os combustíveis acumulam em 2021, seis e cinco reajustes respectivamente.

Confira em quais os estados o ICMS aumentará e seu percentual sobre o preço do diesel:

Fonte: Poder 360

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here