O Governo Federal planeja relicitar o terminal alfandegado pela Localfrio, no Porto de Santos, em 2022. Mas a empresa se prepara para permanência no local.

O Governo Federal planeja relicitar o terminal alfandegado pela Localfrio, no Porto de Santos, em 2022. Mas, segundo o presidente da empresa, Rodrigo Casado, eles se preparam para garantir a permanência no local.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

O contrato do arrendamento chegou ao fim em 2016 e há época o grupo conseguiu uma liminar para seguir no local. O argumento foi que havia pleitos de reequilíbrio pendentes na Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Assim, a empresa segue operando na área, localizada na margem esquerda do porto, desde então.

De acordo com a Santos Port Authority (SPA), o governo prepara a relicitação para o segundo trimestre de 2022, com previsão de investimentos de R$ 100 milhões.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

Casado, porém, sinaliza que a companhia buscará ações para permanecer no local “por um bom tempo”, segundo ele. “Temos robustez em nossos pleitos [regulatórios] e não vejo solução tão rápida [como um leilão em 2022]”, afirma o executivo.

Fonte: Valor Econômico

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here