O Governo Federal e a Gru Airport assinaram, nesta quarta (8), o termo aditivo ao contrato de concessão que obriga a construção e operação do APM.

O Governo Federal e a Gru Airport assinaram, nesta quarta (8), o termo aditivo ao contrato de concessão que obriga a construção e operação do Automated People Mover (APM) pela concessionária. O trem conectará os terminais do aeroporto à Linha 13 – Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

A conexão entre os terminais terá 2,7 quilômetros em via elevada e capacidade para 2 mil passageiros por hora em cada direção. O percurso completo será de seis minutos e os veículos contarão com ar condicionado, wi-fi e painéis de informações conectados ao aeroporto.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, a previsão de investimentos é de R$ 271,7 milhões. Essa medida busca solucionar um problema antigo: a dificuldade de acesso do público aos terminais de passageiros de Guarulhos. A previsão é de que as obras iniciem em janeiro e durem 24 meses.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

“Esse instrumento vai possibilitar que parte da outorga que a concessionária do aeroporto pagaria à União seja usada na obra do People Mover, uma obra muito aguardada pela população”, destacou o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here