O presidente Jair Bolsonaro ontem, 18, a suspensão dos tributos federais que incidem sobre o óleo diesel. Dessa forma, o governo tenta aliviar o preço

De acordo com estimativa do Governo, para cada semana de isolamento social por conta do novo coronavírus, o PIB (Produto Interno Bruto) do país deve registrar uma perda imediata de R$ 20 bilhões. Os números foram divulgados em um estudo feito pelo Ministério da Economia nesta quarta-feira (13).

Além disso, segundo a nota técnica produzida pela Secretaria de Política Econômica da pasta,uma ampliação no período de restrições eleva as perdas da economia como um todo. Assim, a projeção considera que quanto maior o prazo de isolamento, maior o número de falências e demissões.

Ainda mais, fique por dentro das notícias através das nossas redes sociais: Instagram e Twitter 

Nesta quarta, pela primeira vez, o governo Jair Bolsonaro reconheceu formalmente que o país terá uma retração da economia em 2020. A projeção oficial para o PIB (Produto Interno Bruto) deste ano foi revisada de uma alta de 0,02% para retração de 4,7%.

Se confirmado, um recuo do PIB nesse patamar será o maior já registrado pelo IBGE, que tem série histórica iniciada em 1901. O governo estima um recuo da atividade um pouco maior do que o apontado nesta semana pelo mercado.

LEIA MAIS: Acompanhe o impacto da pandemia de coronavírus no transporte rodoviário de cargas e passageiros

A nova projeção do governo ainda é otimista, se comparada com avaliação do FMI (Fundo Monetário Internacional) divulgada em abril, que aponta um recuo de 5,3% do PIB brasileiro em 2020.

Técnicos do ministério afirmam, entretanto, que a projeção atual será recalculada para baixo se as políticas de isolamento se alongarem para além de maio.

Compartilhe nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here